Aprendizagem significativa subversiva

Marco Antonio Moreira

Resumo


Com base nas idéias desenvolvidas principalmente por Neil Postman e Charles Weingartner (1969) em seu livro Ensino como uma atividade subversiva e também em alguns pensamentos expressos por Postman em suas recentes publicações (Tecnology, 1993 e O fim da Educação, 1996), o ponto de vista que defendo neste artigo é de que, nestes tempos de drásticas e rápidas mudanças, a aprendizagem deveria ser não apenas significativa mas também subversivamente significativa. Minha posição é a de que a aprendizagem significativa subversiva é uma estratégia necessária à sobrevivência na sociedade contemporânea. Sem dúvida, devo muito a Weingartner e Postman por basear-me nas suas idéias e reflexões, mas como dizem eles, somos todos “percebedores”. Assim, o que apresento neste artigo é a minha percepção das idéias e pensamentos deles traduzidos nas minhas representações acerca de como a aprendizagem significativa poderia ser subversiva.




Texto completo:

PDF

Referências


Ausubel, David P. The acquisition and retention of knowledge: a cognitive view. Dordrecht: Kluwer Academic Publishers, 2000. 212p.
______. The psychology of meaningful verbal learning. New York: Grune and Stratton, 1963. 685p.
Ausubel, David P.; Novak, Joseph D. & Hanesian, Helen . Educational psychology.: a cognitive view. 2. ed. New York: Holt, Rinehart and Winston, 1978. 733p.
______. Psicologia educacional. Rio de Janeiro: Interamericana, 1980. 625p. Tradução para o português do original Educational psychology: a cognitive view.
______. Psicología educativa: un punto de vista cognoscitivo. México: Editorial Trillas, 1983. 623p. Tradução para o espanhol do original Educational psychology: a cognitive view.
Gowin, D. Bob. Educating. Ithaca-NY: Cornell University Press, 1981. 210p.
Greca, Ileana M. Con!struindo significados em Mecânica Quântica.: resultados de uma proposta didática aplicada a estudantes de Física Geral. 2000. Tese (Doutorado) – Instituto de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.
Johnson-Laird, Philip N. Mental models. Cambridge, MA: Harvard University Press, 1983. 513p.
Moreira, Marco A. Modelos mentais. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, 1(1), p.193-232, 1996.
______. Aprendizagem significativa. Brasília: UnB, 1999. 129p.
Moreira, Marco A.; Greca, I. M. Introdução à Mecânica Quântica.: seria o caso de evitar a aprendizagem significativa (subordinada)? Trabalho apresentado no III Encontro Internacional sobre Aprendizagem Significatica. Peniche, Portugal, 11 a 15 de setembro.
Moreira, Marco A.; Buchweitz, Bernardo. Novas estratégias de ensino e aprendizagem: os mapas conceituais e o Vê epistemológico. Lisboa: Plátano Edições Técnicas, 1993. 114p.
Novak, Joseph D. Conocimiento y aprendizaje. Los mapas conceptuales como herramientas facilitadoras para escuelas y empresas. Madrid: Alianza Editorial, 1998. 315p. Tradução para o espanhol do original Learning, creating, and using knowledge. Concept maps as facilitating tools in schools and corporations.
______. Aprender, criar e utilizar o conhecimento. Mapas conceptuais como ferramentas de facilitação nas escolas e empresas. Lisboa: Plátano Universitária, 2000. 252p. Tradução para o português do original Learning, creating, and using knowledge. Concept maps as facilitating tools in schools and corporations.
Novak, Joseph D.; Gowin, D. Bob. Learning how to learn. Cambridge: Cambridge University Press, 1984.
______. Aprendiendo a aprender. Barcelona: Martínez Roca. Tradução para o espanhol do ­original “Learning how to learn”, 1988.
______. Aprendendo a aprender. Lisboa: Plátano Edições Técnicas, 1996. 212p. Tradução para o português do original “Learning how to learn”.
Postman, Neil; Weingartner, Charles. Teaching as a subversive activity. New York: Dell Publishing Co, 1969. 219p.
______. Technopoly.: the surrender of culture to technology. New York: Vintage Books/Random House, 1993. 222p.
Postman, Neil. The end of education.: redefining the value of school. New York: Vintage Books/Random House, 1996. 208p.




DOI: http://dx.doi.org/10.20435/serie-estudos.v0i21.289

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN online: 2318-1982 
ISSN impresso: 1414-5138 (até n.34, jul./dez.2012)

 

 


Indexada em: